Aspectos Geográficos do Goiás

O Goiás é um estado localizado na região do Planalto Central. No território goiano é onde são encontradas as grandes serras como: a Serra dos Cristais, a Serra dos Pirineus e, também é o lugar da Chapada dos Veadeiros. O clima goiano é o tropical semiúmido. A maior parte da vegetação é composta por Cerrado, tipo Savana.

Em alguns locais há a presença de floresta Atlântica, principalmente na região de Goiânia e Anápolis. No entanto, costumam ser matas ciliares, localizadas às margens dos rios e das serras. O estado do Goiás, por ser região de Cerrado, possui uma vasta biodiversidade, principalmente na fauna.

As bacias hidrográficas que banham Goiás são: a Bacia do Rio Paraná, a Bacia do Tocantins e a Bacia do Rio São Francisco. Os rios são: Paranaíba, Aporé, Araguaia, São Marcos, Corumbá, Claro, Paranã e Maranhão. O Lago das Brisas, encontrado entre os municípios de Itumbiara e Buriti Alegre, forma a sétima maior usina hidrelétrica do Brasil, a usina de Itumbiara.

Goiás possui uma área, segundo o IBGE, de cerca de 340 mil km². Tem a população estimada em torno de seis milhões de habitantes. As cidades mais importantes são: Goiânia, Anápolis, Caldas Novas, Goiás Velho, Perinópolis e Formosa. O estado faz fronteiras com três regiões, Norte, Nordeste e Sudeste.

A unidade federativa do Goiás, desde os tempos antigos do coronelismo, é possuidor de grandes latifúndios. Essas faixas de terras maiores que mil hectares, servem, principalmente para o plantio. A soja, muito comum na região Centro-Oeste, é uma das sementes que mais é produzida pelo estado de Goiás.

Além da soja, os goianos produzem tomate e o milho. Outros cultivos presentes no estado são o da cana-de-açúcar, o algodão, o café, o arroz, o feijão o trigo e o alho. A pecuária cresce; porém, mais timidamente. A criação do gado na região já prejudicou bastante o bioma Cerrado, com desmatamentos e a degradação do solo.

Em Anápolis, existem grandes variedades de indústrias automobilísticas, têxteis, entre outras. Mas a farmacêutica possui o maior polo farmaquímico da América Latina. O Goiás é detentor do maior porto seco (terminal terrestre ligado por estrada ou via férrea) do Brasil.

Principais Cidades de Goiás

Confira abaixo um pouco mais sobre algumas das principais cidades do Goiás:

Goiânia

Goiânia é a capital do estado de Goiás e foi fundada em 24 de outubro de 1933 por Pedro Ludovico Teixeira. Ela é a segunda cidade mais populosa do Centro-Oeste, sendo superada apenas por Brasília. A economia de Goiânia destaca-se na produção agrícola, na pecuária, comércio e nas indústrias de mineração, alimentícia, de confecções, mobiliária, metalúrgica e madeireira.

A cidade é muito visitada por turistas, que podem se hospedar nos hotéis de Goiânia e desfrutar das diversas atrações como o acervo arquitetônico belíssimo, tombado pelo IPHAM (Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional); os parques de belezas naturais como o Parque Vaca Brava, o Estádio Serra Dourada, o Horto Florestal e as famosas feiras de moda e artesanato: a Feira da Lua, a Feira do Sol e a Feira Hippie.

Anápolis

Anápolis é um município que conta com cerca de 340 mil habitantes, sendo o terceiro maior em população do Goiás. Ela é cortada pelas rodovias BR-1523, BR-060 e GO-330. Na cidade está localizada a sede e um campus da UEG (Universidade Estadual de Goiás), além de um campus da IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás). Ela é a principal cidade industrial e centro logístico da região Centro-Oeste do Brasil. Para quem está visitando a cidade, pode ser uma ótima opção conhecer os hotéis de Anápolis.

Itumbiara

Itumbiara é um município do estado Goiás, localizado na divisa com o estado de Minas Gerais. A cidade é o mais exportador do estado, devido à sua localização estratégica. Na economia evidencia-se a área de prestação de serviços. No turismo, a cidade de Itumbiara destaca-se no ecoturismo, principalmente pelo grande Lago da Represa do Rio Parnaíba. Entre os principais pontos turístico estão o Rio Parnaíba e a Praça Matriz.

Caldas Novas

A cidade de Caldas Novas é muito conhecida por suas águas quentes, pois o município possui a maior estância hidrotermal do mundo, contendo águas que brotam do chão com temperaturas de 20° a 60°. Esse é um dos motivos de sua economia girar em torno do turismo, sua principal fonte de renda. Além disso, a rede de hotéis em Caldas Novas possui uma infra-estrutura adequada para atender os turistas, sem contar com os clubes, as boates, os bares e as pousadas.

Rio Verde

Rio Verde é a quarta maior cidade do estado, em termos de população, ficando atrás apenas de Goiânia, Aparecidade de goiânia e Anápolis. A cidade de Rio Verde abrange uma área de 8 388, 295 km² e fica a 238 km da capital.

Na economia, se destaca no agronegócio, por contar com uma importante estrutura agro-industrial e uma importante cooperativa agrícola. O turismo da cidade é marcado por feiras e eventos relacionados ao ramo do agronegócio, ecoturismo, rodeios e recepção de turismos de negócios.

Aspectos Históricos do Goiás

A ocupação do território goiano iniciou-se com as expedições dos bandeirantes da Capitania de São Paulo. Elas procuravam recursos minerais e começaram com Catarina da Silva. E logo teve um papel diferenciado de Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhanguera. Ele é famoso por ter colocado fogo na água dos índios.

A história é a seguinte: os índígenas se enfeitavam com o ouro, mas aos colonos, eles se recusavam a dizer onde ficavam as jazidas auríferas. Foi então que o Anhanguera pegou um prato, despejou nele aguardente e ateou fogo. E mais, disse que se eles não contassem onde ficavam as jazidas, ele atearia fogo nos rios. Rapidamente, apavorados, os indígenas o conduziram até as minas do ouro. Daí surgiu o nome Anhanguera, que significa Diabo Velho ou Feiticeiro.

Em 1726, depois da expedição de seu pai, Bartolomeu Filho (filho de Anhanguera) deu início ao primeiro povoado do estado de Goiás, o Arraial da Barra. Começaram as explorações do ouro e a comunidade se desenvolveu simultaneamente. Os pecuaristas paulistas foram para lá em busca de melhores terras para o gado. Até 1744, Goiás pertencia à Capitania de São Paulo, até a criação da Capitania Geral de Goiás.

Em meados de 1860, as plantações e a criação de gado se tornaram as atividades da região. Com o crescimento das atividades agropecuárias, começaram a ser formados os latifúndios, juntamente à prática do coronelismo, que também se desenvolveu. Mas, a partir de 1930, todas essas práticas do coronelismo foram desarticuladas por alianças políticas feitas por liberais.

Em 1930, houve a transferência da antiga capital, que era Vila Boa, para a atual cidade de Goiás Velho ou Cidade de Goiás. A iniciativa pela transferência, encabeçada por Pedro Ludovico Teixeira, foi apenas concretizada no ano de 1932, quando a sede do governo se mudou para um lugar próximo à Anápolis, cidade que logo receberia a estrada de ferro de Goiás. Então, no ano seguinte, foi fundada a atual capital, Goiânia.

Mais tarde, em 1988, o estado do Goiás teve que ser dividido em duas partes: norte e sul. A parte sul crescia rapidamente, devido à construção da estrada de ferro. Por outro lado, a norte, menos habitada, não conseguia ter o mesmo êxito. Foi então que se achou necessária a divisão. A parte do norte naquele ano, passou a ser o estado do Tocantins e a sul, continuou a ser Goiás.

Aspectos Culturais do Goiás

Goiás tem muitas festas de tradição. Goiânia recebe o carnaval fora de época, o Carnagoiânia. Na cidade de Trindade, no interior, tem as Romarias do Divino Pai Eterno, onde ocorrem a Congada de Catalão e a festa de Nossa Senhora da Abadia. As cavalhadas de Pirenópolis também são bastante frequentadas. Outro evento conhecido é o Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, que já teve mais de dez edições.

A culinária goiana tem como pratos principais: o peixe na telha, a carne de porco com arroz, galinha caipira, o suã, arroz com pequi, pamonha, arroz e feijão. Os frutos comuns na culinária são a jabuticaba, a guariroba, o jatobá, dentre outros. Há, também, o empadão goiano, o quebrador, mané pelado (bolo de mandioca assado na folha de bananeira), etc. O pequi é bem utilizado na cultura alimentar dos goianos: pequi com arroz, com frango, com macarrão, no peixe, na carne, ao leite, em licores, etc.

O turismo da região centro-oeste encanta por seus atrativos do cerrado. Assim, quem deseja relaxar e sair com a família, pode visitar os Hotéis Fazenda no Goiás e desfrutar do melhor!

Personalidades

  • Mirosmar José de Camargo (Zezé di Camargo) e Welson David de Camargo (Luciano), cantores de música sertaneja. Formam a dupla Zezé di Camargo & Luciano. Nasceram na cidade de Pirenópolis;
  • Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, pseudônimo Cora Coralina, é uma das principais escritoras brasileiras. Nasceu na Cidade de Goiás (Goiás Velho);
  • Leonardo Jaime, mais conhecido como Léo Jaime, é ator, cantor, compositor e jornalista. Nasceu na capital Goiânia;
  • Luís José e Emival Eterno, que formavam a dupla Leandro (Luís) e Leonardo (Emival) nasceram na cidade de Goianópolis. Hoje, conduzida apenas por Leonardo, devido ao falecimento de Leandro.